Aços de Usinagem Fácil

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Fresamento de aços para usinagem fácil

Considerações sobre Usinagem e Usinabilidade

Os aços de usinagem fácil, como o nome sugere, possuem uma boa usinabilidade, uma grandeza que se relaciona com a facilidade em sofrer corte. Diversos processos de fabricação se baseiam em corte de material (torneamento, furação, etc), necessitando de boa usinabilidade por questões econômicas. De fato, quanto mais difícil realizar a usinagem, maior o gasto em energia para realizar a operação e menor a vida útil da ferramenta de corte.

Há dois fatores metalúrgicos que exercem influência na usinabilidade, que são a dureza e a microestrutura do material. Um aço de alto valor de dureza geralmente é um aço difícil de se usinar, da mesma forma o inverso é verdade até certo ponto, já que uma dureza muito baixa torna o material difícil de se usinar.

Já a microestrutura representa bem a usinabilidade, já que há certas microestruturas mais fáceis de se usinar do que outras de acordo com a composição química. A perlita grosseira e a esferoidita são exemplos de microestruturas de boa usinabilidade.

Tipos de Aço de Usinagem Fácil

Os principais aços de usinagem fácil são aqueles que possuem inclusões não metálicas e os que possuem metais moles em sua composição.

Os aços com inclusões não metálicas possuem sulfeto de manganês em sua composição. Estes sulfetos são insolúveis no aço e se formam por meio da introdução de enxofre na quantidade necessária. Esta inclusão forma um cavaco quebradiço e ainda possui uma ação lubrificante, evitando que o cavaco fixe-se na ferramenta de corte, o que prejudica a operação e sua vida útil. Com a utilização deste tipo de aço, a velocidade de corte pode ser maior, o acabamento é melhor e a solicitação na máquina-ferramenta é menor.

O principal metal mole que se adiciona ao aço para melhorar a sua usinabilidade é o chumbo, podendo proporcionar também um melhor acabamento. Durante o vazamento do metal líquido nos moldes se adiciona este metal, havendo a formação de partículas de chumbo na microestrutura. O uso do chumbo se limita pelo seu ponto de fusão, que é de apenas 260 °C, acima desta temperatura o aço perde propriedades. Selênio e telúrio, são outros elementos que melhoram a usinabilidade dos aços, porém não há aços comerciais com estes elementos de liga.

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!