Agrotóxicos e saúde

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Oi, gurunauta! Vem aprender um pouco mais com a gente? Hoje o assunto trabalhado será os agrotóxicos e os impactos na saúde. Vem?

Agrotóxico e saúde.
Maça com agrotóxico. Fonte: Própria autoria.

Afinal, o que são agrotóxicos?

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, agrotóxicos são produtos químicos, físicos ou biológicos utilizados, entre outros, em produtos agrícolas e pastagens, para modificar sua composição química a fim de preservar animais e plantas.

Logo depois, estudos realizados por organizações como a Organização Mundial da Saúde e o Observatório Nacional de Saúde, seu uso está ligado a questões ambientais e de saúde.

Eles também são conhecidos como pesticidas, fungicidas e inseticidas.

Classificação de agrotóxicos conforme a nocividade a saúde humana:

Nocividade dos agrotóxicos. Fonte: Própria autoria.

Eles possuem uma classificação conforme a nocividade que causa ao ser humano. Essa classificação corresponde a definida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Antecipadamente, e é essa a que realiza a classificação, dessa forma, define-se a necessidade de se classificar mediante os seguintes critérios:

Enfim, os critérios se iniciam por ser pouco tóxicos, medianamente tóxicos, altamente tóxicos, e extremamente possiveis tóxicos. Em razão disso, há uma classificação em função das cores, as quais podem explicar as doses de letalidade.

Vermelho: Classe I Dose Letal: < 5mg/kg

Amarelo: Classe II Dose Letal: entre 5 e 50 mg/kg.

Azul: Classe III Dose Letal: entre 50 e 500 mg/kg.

Verde: Classe IV Dose letal: entre 500 e 50000 mg/kg.

Agrotóxicos e a alimentação:

Primordialmente, além de alimentos vegetais, os pesticidas também são encontrados em alimentos de origem animal, como leite, ovos e carne. Em 2001, a Anvisa criou o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) para monitorar as concentrações de agrotóxicos em alimentos de origem vegetal.

Esse programa é coordenado pela Anvisa em conjunto com órgãos de fiscalização sanitária estaduais e municipais, possibilitando maior fiscalização aos produtos que chegam a mesa do consumidor.

E, aí está gostando o conteúdo?

Inicialmente, isso ocorre porque diariamente há uma grande meta de alimentação, a qual as pessoas realizam todos os dias e dessa forma, acabam consumindo também agrotoxicos.

Desse modo, para evitar o possível consumo de alimentos que contenham resíduos de agrotóxicos, a Anvisa recomenda: O consumidor escolhe alimentos com o fabricante indicado no rótulo . O consumidor escolhe alimentos orgânicos (sem materiais sintéticos). O consumidor segue os procedimentos de lavagem dos alimentos com enxágue.

Leia mais posts meus no blog:

https://blog.meuguru.net/shampoo-com-muita-espuma-limpa-mais-o-cabelo/?preview_id=754&preview_nonce=0ff808ffeb&preview=true&_thumbnail_id=2571

Venha ler mais sobre o assunto por meio dos artigos:

LOPES, C. V. A.; ALBUQUERQUE, G. S. C. DE. Agrotóxicos e seus impactos na saúde humana e ambiental: uma revisão sistemática. Saúde em Debate, v. 42, n. 117, p. 518–534, jun. 2018.

https://www.scielo.br/j/sdeb/a/bGBYRZvVVKMrV4yzqfwwKtP/

Um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos na Saúde. [s.l: s.n.]. Disponível em: <https://www.mpf.mp.br/atuacao-tematica/ccr4/dados-da-atuacao/grupos-de-trabalho/gt-transgenicos/documentos-diversos/palestras-e-apresentacoes/dossieabrasco_02.pdf>.

https://www.mpf.mp.br/atuacao-tematica/ccr4/dados-da-atuacao/grupos-de-trabalho/gt-transgenicos/documentos-diversos/palestras-e-apresentacoes/dossieabrasco_02.pdf

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!