Einstein: Conheça uma das grandes mentes da física

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Albert Einstein é um dos maiores cientistas da história da humanidade. De fato, esse grande físico marcou gerações seja no âmbito científico trazendo diversos avanços e ideias extraordinárias para a física quanto na cultura pop devido a sua excentricidade. Entretanto, mesmo que a figura de Einstein seja consagrada em nossa cultura, muitas pessoas desconhecem a verdadeira profundidade de suas contribuições.

Nesse texto vamos perpassar um pouco da vida e da obra de Albert Einstein. Em particular, vamos dar ênfase em explicar como seus trabalhos impactaram a ciência e modificaram os caminhos da física. Então, prepare-se para ser cativado pela história fascinante de Albert Einstein, um homem cujas contribuições transcendem o tempo e cuja visão mudou o curso da humanidade.

Introdução

Albert Einstein, sem dúvida, é um dos cientistas mais influentes e renomados da história. Nascido em 1879, na cidade de Ulm, no Reino de Württemberg, Einstein deixou um legado que transcende as fronteiras da ciência, influenciando a maneira como pensamos sobre o mundo.

A vida acadêmica de Einstein

Com efeito, o físico após concluir o ensino médio, ingressou no Instituto Politécnico de Zurique, na Suíça, onde se formou em física e matemática em 1900. De fato, Einstein sempre foi um estudante notável e detentor de ótimas notas. Todavia, nós vemos, frequentemente, disseminarem que o físico era um mal aluno e que tinha grandes dificuldades na escola. Decerto, isso decorre apenas de uma diferença na forma com que as instituições alemãs atribuíam notas aos seus alunos.

O trabalho no escritório de patentes

Após se formar, o físico encontrou dificuldades em encontrar um emprego acadêmico. Em 1902, ele conseguiu um emprego como examinador técnico de terceira classe no Escritório de Patentes Suíço, em Berna. Assim, sendo incumbido de avaliar pedidos de patentes e projetos originais.

Todavia, mesmo não estando em um ambiente formal e acadêmico o físico continuou seus estudos e progredindo com sua pesquisa científica. De fato, o ambiente estimulante do escritório de patentes, juntamente com seu próprio intelecto brilhante, ajudou a moldar a mente criativa que revolucionaria a física. Decerto, ainda em 1905, trabalhando nesse escritório de patentes, que Einstein publicaria os seus 5 maiores trabalhos.

A sua vida amorosa

Diferentemente da trajetória brilhante dos seus estudos a sua vida amorosa foi marcada por relacionamentos turbulentos e casamentos conturbados. De fato, Em 1903, Einstein casou-se com a matemática Mileva Marić, a qual o ajudaria, fortemente, no desenvolvimento matemático da Relatividade Geral. Juntos, tiveram dois filhos, Hans Albert e Eduard, mas seu casamento chegou ao fim 1919.

Após seu divórcio, Einstein se envolveu romanticamente com sua prima Elsa Einstein. Eles se casaram em 1919, pouco depois do divórcio de Einstein de sua primeira esposa. No entanto, seu casamento também teve suas dificuldades, com conflitos e desafios ao longo dos anos.

O ano miraculoso de Albert Einstein

Ainda durante seu trabalho no escritório de patentes, Einstein publicou seus famosos artigos em 1905, que lançaram as bases para a teoria da relatividade restrita, a explicação do efeito fotoelétrico e a compreensão do movimento browniano. Decerto, essas contribuições foram todas, igualmente, revolucionárias. De fato, há vários filósofos e pesquisadores da história da Ciência que afirmam que qualquer um desses trabalhos poderia ter garantido seu prêmio Nobel.

Aqui estão os quatro artigos publicados por Einstein durante o ano miraculoso:

  • “Sobre um ponto de vista heurístico referente à produção e transformação de luz” (em alemão: “Über einen die Erzeugung und Verwandlung des Lichtes betreffenden heuristischen Gesichtspunkt”).
  • “Sobre o movimento requerido pelo eletromagnetismo da distribuição de energia num corpo” (em alemão: “Über die von der molekularkinetischen Theorie der Wärme geforderte Bewegung von in ruhenden Flüssigkeiten suspendierten Teilchen”).
  • “Sobre a eletrodinâmica dos corpos em movimento” (em alemão: “Zur Elektrodynamik bewegter Körper”): Este artigo estabeleceu as bases da Teoria da Relatividade Restrita, apresentando os conceitos de dilatação do tempo, contração do comprimento e a famosa equação E=mc², que relaciona energia e massa.
Figura ilustrativa da equação de Einstein para a energia na teoria da relatividade.
  • “Sobre a inércia da energia, que se deduz da teoria da relatividade” (em alemão: “Ist die Trägheit eines Körpers von seinem Energieinhalt abhängig?”).

O prêmio Nobel

Com efeito, foi no ano miraculoso que Einstein produziu o artigo que renderia seu prêmio Nobel em 1921. Esse artigo foi o primeiro listado acima, nele Einstein propôs a ideia revolucionária de que a luz é composta de partículas individuais de energia, chamadas de ”fótons”, em vez de ser uma onda contínua. Assim, o físico foi capaz de prover uma explicação para o efeito fotoelétrico que é associado a emissão de radiação de uma superfície metálica após iluminada.

Vale ainda enfatizar que, a teoria da relatividade de Einstein, por mais grandiosa que seja não foi a responsável por ter dado ao físico seu prêmio nobel. De fato, uma das possíveis explicações para isso decorre de que em sua concepção, a mesma ainda estava no estágio inicial de teoria. Assim, não havia, naquele momento, quaisquer evidências experimentais que a sustentassem.

A Teoria da Relatividade de Einstein

Em 1915, Einstein apresentou a Teoria da Relatividade Geral, uma ampliação de sua teoria anterior. Essa teoria descrevia a gravidade como uma curvatura do espaço-tempo causada pela presença de massa e energia. Sua teoria foi confirmada em 1919, durante uma expedição para observar um eclipse solar total, que forneceu evidências experimentais que apoiavam as previsões da Teoria da Relatividade.

Em suma, a proposta de Einstein se dava através de complexas equações que descreviam a geometria do espaço-tempo. Com efeito, grande parte dessas equações e seus desenvolvimentos foram feitos por sua esposa: Mileva Marić. Entretanto, dificilmente se há menção e/ou crédito pelas suas contribuições a teoria que decorre do forte machismo no meio acadêmico da época que limitava a presença das mulheres.

A influência e legado de Albert Einstein

A influência e o legado de Albert Einstein são profundos e abrangentes, com impactos significativos nas áreas da física, ciência, filosofia e cultura em geral. Com finalidade de elencarmos alguns dos seus grandes impactos, além dos já discutidos, veja a lista a seguir:

  1. O Projeto Manhattan foi um projeto de pesquisa e desenvolvimento realizado durante a Segunda Guerra Mundial pelos Estados Unidos, com o objetivo de construir a primeira arma nuclear. O projeto recebeu esse nome por ter sido inicialmente sediado no distrito de Manhattan, em Nova York. Liderado pelo físico norte-americano J. Robert Oppenheimer, o projeto reuniu alguns dos maiores cientistas e engenheiros da época, incluindo Albert Einstein, que havia fugido da Alemanha nazista.
  2. Ativismo e pensamento social: Einstein era conhecido por seu ativismo e seu envolvimento em questões sociais e políticas.
  3. Popularização da ciência: Einstein desempenhou um papel importante na popularização da ciência e na comunicação de ideias complexas para o público em geral.

Em suma, seu legado transcende o campo da física, tornando-se um símbolo da genialidade científica e do pensamento crítico e inovador.

Os estudos pós-morte

Albert Einstein faleceu em 18 de abril de 1955. Todavia, após sua morte, seu cérebro foi removido durante a autópsia realizada no Hospital Princeton, em Nova Jersey, nos Estados Unidos. Assim, vários estudos sobre a natureza do seu cérebro foram desenvolvidos. Inicialmente o cérebro foi dividido em várias partes e amostras, e algumas delas foram enviadas para diferentes pesquisadores ao redor do mundo. Entretanto, nenhum estudo revelou quaisquer características anatômicas particulares em seu cérebro que justificassem sua genialidade.

Referências

  1. CERN – EUROPEAN ORGANIZATION FOR NUCLEAR RESEARCH. Disponível em: https://home.cern/. Acesso em: 21 maio 2023.
  2. EINSTEIN PAPERS PROJECT. Disponível em: https://einsteinpapers.press.princeton.edu/. Acesso em: 21 maio 2023.
  3. HAWKING, Stephen. A Teoria de Tudo: A Origem e o Destino do Universo. São Paulo: Intrínseca, 2007.
  4. KAKU, Michio. O Cosmos de Einstein: Como a Visão de Albert Einstein Transformou Nossa Compreensão de Espaço e Tempo. São Paulo: Intrínseca, 2008.
  5. STACHEL, John (org.). O Ano Miraculoso de Einstein: Cinco Artigos que Mudaram a Face da Física. São Paulo: Odysseus, 2006.
  6. IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada). Coluna na Folha: Para que serve a ciência de Einstein? .

Outros Artigos

biologia-o-que-mais-cai-no-enem.
Atualidades

Biologia o que mais cai no ENEM?

Biologia no Enem é um tema bastante amplo e possui um peso significativo na prova e merece total atenção. Descubra como gabaritar aqui!

Derivadas é a análise de taxas de variação. Quando calculamos a derivada de uma função em um ponto específico
Engenharias

Derivadas: Pontos críticos

Derivadas é a análise de taxas de variação. Quando calculamos a derivada de uma função em um ponto específico.

Legal

® 2021-2024 Meu Guru | 42.269.770/0001-84 • Todos os direitos reservados

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!