Bioética: Aborto

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Bioética é o estudo o qual aborda questões morais, filosófica e legais relacionadas ao campo da biologia. É um conhecimento multidisciplinar que relaciona vários aspectos legais e polêmicos perante a sociedade. Os princípios éticos aplicados a saúde, fundamentados através do ramo da ciência e direito que envolve os seres humanos relacionados a outros seres vivos.

Relembre os principais conceitos de bioética nesse artigo, https://blog.meuguru.net/wp-admin/post.php?post=4235&action=edit.

Relevância da bioética

A bioética tem a sua importância visto que é ela que busca impedir que qualquer tipo de vida seja considerado inferior a outra. Assim, perante esta ciência todas as formas de vida têm sua existência de forma igualitária. Outro aspecto importante da bioética, é sobre o amparo teórico legal da pesquisa científica para pensarmos em tais problemas.

Temas polêmicos envolvendo a bioética

É notório que alguns temas com questões éticas e morais relacionadas ao campo da saúde geram controvérsias, dilemas e polêmicas. Tais temas podem ser delicados e considerados tabu perante algumas sociedades e religiões. Desse modo, os temas abordados nos princípios da bioética têm por finalidade forma educativa, comunicativa e não formadora de opinião. Portanto, o autor se exime de qualquer responsabilidade que os artigos possam gerar pois os textos são de caráter informativo.

Aborto

É sabido, quando o tema aborto é mencionado nas rodas de conversa, o mesmo pode levar a várias divergências de ideologia. Desse modo, posso afirmar que os principais divergências são os aspectos culturais, religiosos, sociais e científicos. A principal pergunta relacionado ao aborto é, quando começa a vida? Sendo assim, o entendimento básico do processo de formação da vida deve ser fundamentado e repassado perante a sociedade.

Quando a vida tem origem?

Conforme alguns estudiosos, a origem da vida pode ter várias etapas acerca do seu início. Vários entendimentos, de onde é o ponto de partida da vida. Tais pontos de vista, podem ser meramente filosóficos ou científicos. Logo, há quem defenda que o início da vida tem origem no primeiro contato do espermatozoide com o óvulo. Sendo assim, lá no começo da vida embrionária, já existe material genético afim de comandar todo o maquinário fisiológico. Pois, sem material genético não há vida. No entanto, outros autores determinam que somente há vida, no desenvolvimento do sistema nervoso central. Contudo, a evolução do sistema nervoso só ocorre de fato aos três meses de evolução embrionária. Portanto, onde de fato começa a vida, na concepção ou no desenvolvimento embrionário do sistema nervoso central? Será uma discussão bastante alongada para os anos.

Direito da mulher na bioética

Acerca do aborto, outro ponto importante que não podemos deixar em branco é o direito da mulher perante o seu corpo. Sendo assim, em alguns países, a mulher que não deseja prolongar a gestação tem o livre direito de abortar. Ademais, essas causas abortivas, a depender do método pode levar a sequelas irreversíveis ao corpo feminino. As principais lesões oriundas do efeito abortivo, seja por qual método for, trás mais malefícios psicossociais do que físicos. Logo, como formador de opnião através da leitura e conhecimento, não falarei sobres os métodos, pois pode ter repercussão negativa. As principais alterações que posso mencionar são: esterilidade, crises de ansiedade, depressão dentre outros.

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!