DNA: DOENÇAS GENÉTICAS E HEREDITÁRIAS

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Molécula de DNA. Fonte: Minha Vida.

Doenças genéticas se determinam como as que realizam alterações no material genético ou que implicam em determinadas alterações no DNA em si, gerando a possibilidade de transmissão aos filhos caso tenha caráter hereditário.

É primordial salientar que nem sempre toda doença de caráter genético será hereditário, visto que há doenças que alteram o material genético, porém não se transmitem as proles.

Você pode aprofundar mais sobre o tema por meio da leitura e entendimento da elucidação da pesquisa básica em genética.

A pesquisa foi realizada pela professora Carla de Oliveira do Instituto de Química (IQ) da Universidade de São Paulo.

Confira mais no link: https://www5.usp.br/noticias/ciencias/estudo-de-estrutura-celular-ajuda-a-entender-papel-dos-genes/

DNA: TIPOS DE DOENÇAS GENÉTICAS

Menina com síndrome de Down. Fonte: Encrypted.

Faz-se valer tipos de doenças genéticas associadas ao DNA, as quais serão elucidadas para que ocorra o entendimento.

Desse modo, há três tipos de doenças genéticas definidas:

Há as doenças de caráter monogenético a qual é definida quando somente o gene é modificado.

Há também as doenças multifatoriais que se determinam como as que ocorrem quando mais de um gene se atinge.

Sendo definido por meio de variadas interferências de fatores que se determinam como ambientais.

Há também as doenças que se definem por serem cromossômicas definindo que ocorra uma série de modificações que interferem em estrutura e numero definido.

Leia mais sobre esse tema em um artigo que possibilita o entendimento de doenças genéticas raras, por meio do link: https://www.scielosp.org/article/csc/2019.v24n10/3683-3700/

DNA: PARES DE CROMOSSOMO

Exemplo de cariótipo. Fonte: Biologia.net.

A espécie humana por análise de DNA, possui cerca de 23 pares de cromossomos, os quais totalizam cerca de 46 cromossomos.

Por meio disso, para que você possa entender, define-se que os traços se determinam como características genéticas que possibilitam a frequência de determinação de mais de um gene.

Entenda mais sobre citogenética por meio do link: https://uab.ufsc.br/biologia/files/2020/08/Citogen%C3%A9tica.pdf

DNA: DOENÇAS GENÉTICAS

CANCÊR

Em detrimento disso, o Câncer se define como variados tipos de fatores genéticos, sendo determinados por conjuntos de doenças definidos com base nas caraterísticas as quais geram um crescimento desordenado. Desse modo, as células se espalham pelo corpo.

DALTONISMO

Já o Daltonismo, se qualifica por herança com ligação ao sexo, a qual se define por possibilidade do cromossomo X. Diante disso, a pessoa portadora não tem a capacidade real de distinção de cores como verde, vermelho.

HIPERTRICOSE

Há ainda a Hipertricose que se define por ser rara, sendo o crescimento excessivo de pelos cobrindo todo o corpo praticamente.

Ainda mais há estudos que definem a Hipertricose por acometer 1 a cada 1 bilhão de pessoas nascidas.

ANEMIA FALCIFORME

Nesse sentido, você sabia que a anemia também pode ser de modo genético?

Desde já, tem-se a anemia falciforme, se qualifica por ser alteração genética de modo hereditário a qual se determina por utilidade de hemácias que passam a ter formato de foice, ao invés do formato normal.

Contudo, após essa elucidação de algumas doenças genéticas, você pode saber mais sobre por meio do link: https://www.pfizer.com.br/noticias/ultimas-noticias/doencas-geneticas

Por fim, fique por dentro de nosso Blog para saber mais sobre os mais diversos conteúdos!

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!