Farmacocinética: Saiba o que é

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

A farmacocinética estuda de forma quantitativa os eventos cronológicos dos processos metabólicos que envolvem os medicamentos. Desse modo, os eventos que posso citar são: liberação, administração, distribuição, metabolização e excreção. Sendo assim, várias etapas de conhecimento são necessários para a compreensão da farmacologia e seus diversos assuntos.

Relembre os conceitos básicos da farmacologia.

Conceito de farmacocinética

Acerca do conhecimento da farmacocinética, a mesma estuda todo o movimento da droga pelo organismo. Desse modo, tem finalidade em prever o efeito da droga. Sendo assim, quantifica todas as fases da interação da droga com o corpo humano. No entanto, por não ser uma ciência exata, existirá variações a níveis biológicos de cada ser humano. Portanto, avaliar a concentração das drogas e seus metabólitos é o objetivo principal da farmacocinética.

Fases da farmacocinética

Para o estudo farmacocinético, importante a divisão da mesma, já que é um assunto extenso e de média compreensão. Desse modo, a nível global a farmacocinética foi englobada em cinco letras chaves, LADME. Sendo assim, veremos o que cada letra significa, e a sua importância para o estudo farmacológico. Portanto, vou elencar os termos e significados de maneira simples, didática e no melhor entendimento que você merece.

Liberação

É a primeira fase ou etapa da farmacocinética. Seu estudo, nos mostra como os medicamentos são liberados da sua forma farmacêutica. Desse modo, compreender essa etapa têm a sua importância devido ao processo de liberação medicamentosa. No entanto, alguns docentes não passam em sala de aula essa fase tão importante. As principais formas farmacêuticas são: comprimido, drágea, líquido, liofilizado (pó) dentre outros que veremos em outro artigo importante.

Absorção

É a segunda etapa ou fase da farmacocinética. Seu entendimento, nos faz compreender, como a droga é absorvida no organismo. Desse modo, antes de ser absorvido, o medicamento necessita ser administrado no corpo. Sendo assim, existe diversas formas de administração, tais como: via oral, intramuscular, intradérmica, sublingual, retal, dentre outras. Portanto, a finalidade da absorção é a transferência da droga após administração para os líquidos circulantes no organismo.

Distribuição

É a terceira etapa ou fase da farmacocinética. Nesse estudo, trás o entendimento de como o fármaco, percorre o organismo. Desse modo, o principal carreador dos produtos farmacológicos, é o sangue. Sendo assim, é a partir desse ponto, que a droga e seus metabólitos conseguem alcançar os orgãos alvos para realizar sua ação farmacológica. Ao chegar na circulação sistêmica, as drogas são rapidamente transportadas para os diversos compartimentos para realizarem sua função ou serem excretadas. Portanto, se a circulação estiver prejudicada, logo essa etapa estará prejudicada, diminuindo a eficácia terapêutica.

Metabolização

É a quarta etapa ou fase da farmacocinética. Nesse estudo, remete-se o entendimento de como a droga é metabolizada pelo organismo. O principal responsável por essa fase é o fígado. Desse modo, sua atividade metabólica, realizada através de diversas reações enzimáticas. Sendo assim, o fígado é órgão com maior capacidade de armazenamento de enzimas, logo, capaz de realizar diversas atividades enzimáticas. No entanto, uma sobrecarga no fígado, pode acarretar em um tratamento ruim, já que ele não estará cem por cento funcional. As principais funções metabólicas são: fase I(redução ou oxidação) e fase II (hidrólise ou conjugação). Portanto, cuide do seu fígado.

Excreção

É a quinta e última etapa ou fase da farmacocinética. Nesse estudo, nos remete como os medicamentos passarem por todas as etapas anteriores, serão eliminados pelo organismo. Desse modo, a excreção geralmente pode ocorrer de três modos: via renal ou urinária, via fecal e via biliar. Sendo assim, metabólitos que não passam pelo processo de reabsorção, passam pelo processo eliminatório. Logo, a metabolização facilita o processo de eliminação. Entretanto, os metabólitos, podem passar por outra forma de eliminação, tais como: suor, leite materno, lágrimas, saliva dentre outros.

Portanto, gurunauta, se esta afim de conhecer mais sobre a farmacologia, não deixe de acompanhar nosso blog. Pois nessa seção, você verá assuntos pouco abordados em sala de aula, que vão te auxiliar na sua vida acadêmica. Te espero aqui, mete bronca!!

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!