HP12C: como resolver questões de juros compostos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Noções introdutórias sobre a operacionalização da calculadora financeira HP12C em questões de capitalização composta.

HP12C

Hoje, eu irei apresentar algumas noções básicas e os primeiros passos para utilização da calculadora HP12c na resolução de questões de Matemática Financeira e matérias correlatas.

Primeiramente, queria deixar claro que este é apenas um artigo básico destinado para aqueles que nunca tiveram contato com a calculadora HP12C, ok? 😉

Resolvi disponibilizar essas noções introdutórias após notar que muitos dos meus alunos precisam resolver questões na HP12C, mas não possuem NENHUM contato com ela, apesar de terem noções sobre a matéria de matemática financeira (fórmulas e resoluções “na mão”).

Para aqueles que não tenham a versão física da referida calculadora financeira, mas mesmo assim tenham interesse em começar a aprender, deixo aqui o link de um emulador online grátis da HP12C: https://simulado.estacio.br/img/Hp/

E, antes de iniciarmos pra valer, caso você ainda não esteja familiarizado com os conceitos iniciais da disciplina de Matemática Financeira, recomendo a leitura prévia do conteúdo introdutório constante neste post AQUI!

Bem, então vamos lá! 😉

#INTRODUÇÃO:

Para começar, você deve entender que a lógica de funcionamento da calculadora HP12C é totalmente diferente do convencional. Por isso, não tente entender do jeito comum; esqueça o funcionamento das calculadoras normais!

Assim sendo, uma soma de 3+5, por exemplo, seria assim:

  • 1º) Aperte a tecla 3;
  • 2º) Aperte a tecla ENTER (para guardar o número “3” na memória);
  • 3º) Aperte a tecla 5;
  • 4º) Aperte a tecla + (para somar o número “5” que está na tela com o número “3” que está guardado na memória).

Então, perceba que a grande diferença está no fato de que, na calculadora HP12C, devemos PRIMEIRO registrar os NÚMEROS e só DEPOIS registrar a OPERAÇÃO matemática, ok?

Por isso, caso você tente fazer uma conta da forma usual (como faria em uma calculadora comum), a HP12C não funcionará da forma esperada (tente, pra você ver…).

Nessa linha de raciocínio, veja outros exemplos de contas básicas feitas na calculadora financeira:
10 ÷ 5 → [10] [ENTER] [5] [÷]
4 x 2 → [4] [ENTER] [2] [x]
2 + 6 – 1 → [2] [ENTER] [6] [+] [1] [-]

Entendeu melhor, agora? 😉

HP12C

#JUROS COMPOSTOS NA HP12C:

Além das operações matemáticas básicas vistas acima, a grande vantagem da HP12c está na sua capacidade de realizar operações financeiras sozinha, bastando que nós alimentemos alguns valores na memória da calculadora.

Em síntese, trabalhamos geralmente com 4 a 5 variáveis centrais em questões básicas de juros compostos:

  • Tecla “n” = prazo, tempo, número de meses/dias/anos da operação;
  • Tecla “i” = taxa de juros;
  • Tecla “PV” = valor presente (valor atual, capital, principal e outros sinônimos);
  • Tecla “FV” = valor futuro (valor final, montante, valor nominal e outros sinônimos);
  • Tecla “PMT” = valor periódico uniforme (parcela, prestação e outros sinônimos).

Assim, se você fornecer ao menos três dessas variáveis para a memória da calculadora, ela automaticamente te dirá o valor da variável que falta. Por exemplo, suponha que você saiba o prazo (n), a taxa de juros (i) e o valor presente (PV). Nesse caso, alimentando corretamente a calculadora, ela te informará o que falta, ou seja, te informará o valor futuro (FV).

# EXERCÍCIO PRÁTICO NA HP12C:

Alimentar a memória da calculadora é bem simples! Para demonstrar, vou utilizar como exemplo um tipo de questão bastante comum:

QUESTÃO: José tem uma dívida a ser paga daqui a 06 meses por R$ 10.000,00. Porém, como recebeu um dinheiro inesperado, gostaria de quitar essa obrigação hoje, para evitar pagar tantos juros. Sabendo-se que a taxa embutida na operação é de 2% ao mês, sob regime de juros compostos, calcule o valor presente do empréstimo.

Note que, com base no texto da questão, sabemos as seguintes variáveis:
– Tempo (n): 6 meses
– Taxa (i): 2% ao mês
– Valor Futuro (FV): 10.000
– Valor Presente (PV): ??? (não sabemos. É justamente o que o exercício quer saber… e a calculadora nos dirá!)

Assim sendo, precisamos apenas cadastrar os dados de cada uma das variáveis conhecidas na memória da calculadora (sempre lembrando que primeiro se registra o número e só depois a operação):

1º PASSO: registrar o tempo da operação:

1. Digitar o valor 6

2. Apertar a tecla n (pronto, a calculadora já registrou que o prazo é de 06 meses)

2º PASSO: registrar a taxa de juros vigente:

1. Digitar 2

2. Apertar a tecla i (pronto, a calculadora já guardou a informação de que a taxa é de 2%)

3º PASSO: registrar o valor futuro da dívida:

1. Digitar o valor 10000

2. Apertar a tecla FV (pronto, a calculadora já registrou o valor de 10000 como montante)

4º PASSO: apertar a tecla PV (pronto, a resposta aparecerá na tela!).

Simples, não? Agora tudo na sequência:

6 n
2 i
10000 FV
PV  (resposta que aparecerá no visor: -8879,71)

Ou seja, descobrimos que o valor presente do empréstimo inicialmente contratado por José era de R$ 8.879,71.

# CONCLUSÃO:

E aí, o que achou? Não é nenhum bicho de sete cabeças, não é mesmo? 😉

Confesso que a calculadora HP12C pode até assustar no começo, em razão da sua diferença de operacionalização quando comparada à calculadora comum. No entanto, quando superamos as dificuldades iniciais, é preciso reconhecer que ela representa uma ferramenta muito útil para otimizar os cálculos na área de finanças. E olha que só vimos um exemplo bastante simples de sua utilização!

Por fim, gostaria de fazer um último alerta aos iniciantes na HP12C: não esqueça de apagar a memória das informações da questão anterior (n, i, PV, FV)!

Para isso, você deve sempre apertar a tecla “f” e depois “CLx” para zerar a memória e começar uma nova questão do zero, caso contrário a calculadora pode misturar as informações de prazo da questão anterior com o valor presente da outra questão e virar uma bagunça!

Bem, por hoje é só! Espero ter ajudado o caminho de vocês no entendimento de finanças e da HP12C.

Para maiores esclarecimentos e aprofundamento na matéria (com ou sem utilização da calculadora financeira), continuem me acompanhando aqui no blog da Meuguru!

Até o próximo pos!

Prof. Rodrigo Xavier

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!