Nikola Tesla: A história do pai da eletricidade

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Nikola Tesla é um conhecido nome da história da ciência. De fato, Tesla é um cientista conhecido por suas invenções surpreendentes e por ser um homem genial que estava a frente do seu tempo. Todavia, a vida e obra desse cientista, por vezes é tortuosa e nada linear uma vez que o mesmo esteve envolvido em disputas políticas, relações de ocultismos e até mesmo em pseudociências.

Nesse sentido, hoje nós da MeuGuru trouxemos nesse artigo um pouco sobre a vida, contribuições e polêmicas que circundam a vida de Nikola Tesla. Nesse sentido, vem conosco que hoje vamos explorar um pouco sobre o “cientista” que revolucionou a área da eletricidade.

Quem foi Nikola Tesla?

Nikola Tesla foi um inventor e engenheiro nascido em 10 de julho de 1856, na atual Croácia, que se tornou um dos mais influentes e prolíficos cientistas do final do século XIX e início do século XX. De fato, sua vida foi marcada por contribuições significativas para o campo da engenharia elétrica e suas invenções revolucionaram a forma como a eletricidade é utilizada.

Com relação a sua formação, vemos que Tesla estudou engenharia elétrica na Universidade de Graz, na Áustria, e mais tarde na Universidade de Praga. Todavia, seu despontar como inventor começa a partir do momento que inicia seu trabalho para Thomas Edison em 1884 nos Estados Unidos. Entretanto, devido a uma série de divergências em suas visões sobre corrente contínua e corrente alternada, eles deixaram de trabalhar juntos.

Uma das maiores contribuições de Tesla foi o desenvolvimento do sistema de corrente alternada (AC), que se tornou a base para a distribuição moderna de eletricidade. Sua invenção do motor de indução de corrente alternada foi especialmente significativa, pois permitiu a transmissão eficiente de energia elétrica a longas distâncias.

O legado de Nikola tesla

Ao longo de sua carreira, Tesla registrou mais de 300 patentes, abrangendo uma ampla gama de tecnologias. Ele trabalhou em diversas áreas, incluindo energia elétrica, iluminação, telecomunicações, transmissão de energia sem fio e ressonância magnética. Todavia, apesar de suas inovações revolucionárias, Tesla enfrentou desafios financeiros e dificuldades para comercializar suas ideias. Ele estava mais focado em alcançar avanços científicos do que em obter lucro financeiro. No entanto, suas contribuições para a sociedade foram reconhecidas posteriormente, e ele é amplamente considerado um dos maiores gênios e visionários da história da ciência e da tecnologia.

Ao longo de sua vida, Tesla recebeu várias honrarias e prêmios, incluindo a Medalha Edison da American Institute of Electrical Engineers (hoje conhecida como IEEE). Ele faleceu em 7 de janeiro de 1943, na cidade de Nova Iorque, deixando um legado duradouro em campos como a eletricidade, a física e a engenharia.

Os estudos da eletricidade de Tesla

De fato, os estudos de Tesla concentraram-se no desenvolvimento de aparatos associados a eletricidade e magnetismo e ao eletromagnetismo. Assim, uma vez que o inventor debruçava-se por várias questões há vários campos em que o mesmoa atuou. Nesse sentido, elencamos alguns a seguir.

  1. Corrente Alternada (CA): Tesla é amplamente conhecido por sua defesa e desenvolvimento da corrente alternada (CA) como um sistema de distribuição de energia elétrica. Ele conduziu pesquisas intensivas para aprimorar a geração, a transmissão e o uso da corrente alternada.
  2. Ressonância e Transmissão de Energia Sem Fio: Tesla também se dedicou ao estudo da ressonância e desenvolveu experimentos relacionados à transmissão de energia sem fio. Seus experimentos com ressonância magnética levaram à criação de bobinas de Tesla, dispositivos que podem gerar campos eletromagnéticos intensos.
  3. Transmissão de Energia Elétrica por Condução Terrestre: Tesla conduziu pesquisas sobre a transmissão de energia elétrica através da Terra usando o método de condução terrestre. Ele propôs a ideia de utilizar a própria crosta terrestre como um condutor para transmitir eletricidade, o que poderia eliminar a necessidade de linhas de transmissão aéreas ou subterrâneas.
  4. Efeitos Elétricos de Alta Frequência: Tesla também se envolveu em estudos sobre efeitos elétricos de alta frequência. Ele realizou experimentos com descargas elétricas de alta voltagem, produção de campos magnéticos poderosos e investigações sobre fenômenos elétricos em gases rarefeitos.

A guerra das correntes: Nikola Tesla vs Thomas Edison

A “Guerra das Correntes” foi uma disputa acirrada que ocorreu durante a segunda metade do século XIX entre os sistemas de distribuição de energia elétrica de corrente contínua (CC) e corrente alternada (CA). Essa batalha envolveu principalmente dois dos maiores inventores e empresários da época: Thomas Edison e Nikola Tesla.

O sistema de Thomas Edison – corrente contínua

No início da década de 1880, Thomas Edison defendia o uso da corrente contínua (CC) para a distribuição de eletricidade. Com efeito, ele havia desenvolvido um sistema eficiente de geração e distribuição de corrente contínua, que incluía a criação da primeira usina elétrica comercial em Nova Iorque, assim Edison acreditava que a CC era a melhor opção para iluminação e outros usos domésticos.

O sistema de Nikola Tesla – corrente alternada

No entanto, Nikola Tesla tinha uma visão diferente. Ele acreditava no potencial da corrente alternada (CA) como uma forma mais eficiente de transmitir eletricidade a longas distâncias. Tesla desenvolveu um sistema de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica baseado na corrente alternada, incluindo motores de indução CA.

A disputa entre as duas correntes

Nikola Tesla versus Thomas Edson
Os sistemas de Tesla e Edison eram diferentes.

A disputa entre os dois sistemas se intensificou quando Tesla foi contratado por George Westinghouse, um empresário que viu o potencial da corrente alternada. A Westinghouse Electric Company adquiriu os direitos das patentes de Tesla e começou a promover a CA como a solução para a distribuição de energia em grande escala.

Edison, por sua vez, estava determinado a defender a corrente contínua e iniciou uma campanha pública contra a corrente alternada, argumentando que ela era perigosa e impraticável. Ele chegou a realizar demonstrações públicas de eletrocussão de animais usando a CA, na tentativa de retratá-la como perigosa.

A “Guerra das Correntes” teve um ponto crucial na década de 1890, quando a Westinghouse Electric Company ganhou um contrato para fornecer energia elétrica para a Feira Mundial de Chicago, em 1893. A empresa construiu uma central elétrica com o sistema de corrente alternada de Tesla, fornecendo eletricidade para a feira e provando sua eficiência.

Eventualmente, a vantagem da corrente alternada em termos de transmissão eficiente de energia a longas distâncias e sua capacidade de ser transformada em diferentes voltagens superou as limitações da corrente contínua. A vitória da Westinghouse e da corrente alternada na Feira Mundial de Chicago marcou um ponto de virada na guerra.

A consolidação do sistema de corrente alternada de Tesla e Westinghouse, juntamente com o desenvolvimento do transformador de alta tensão e a construção das usinas hidrelétricas de Niagara Falls, estabeleceu a corrente alternada como o padrão para a distribuição de eletricidade em larga escala.

Questões polêmicas de Nikola Tesla

De fato, a figura de Nikola Tesla, por vezes, perpassa o ambiente científico e encontra-se no âmbito da pseudociência. Decerto, há inúmeros registros que mostram controvérsias e fatos polêmicos que envolvem o inventor.

Com efeito, um desses fatos é o chamado “Raio da Morte”. Em suma, esse objeto seria um sistema de armas chamado “Raio da Morte”, que supostamente teria a capacidade de destruir aeronaves inimigas em pleno voo. Com efeito, essa invenção levantou preocupações sobre o uso da tecnologia para fins militares e sua possível destrutividade. No entanto, o projeto não foi concluído e permaneceu apenas em nível teórico.

Ademais, há várias alegações extravagantes e ideias futuristas: Tesla era conhecido por suas alegações extravagantes e ideias futuristas, algumas das quais eram consideradas fantasiosas e não apoiadas por evidências científicas sólidas. Assim, contribuindo para sua imagem pública como um “cientista excêntrico” e levantou questões sobre a validade de algumas de suas afirmações.

Por fim, há ainda alguns relatos que apontam o interesse do inventor para questões que vão além da vida humana. Em suma, podemos citar o interesse tanto por tecnologias advindas de seres extraterrestres ou mesmos de seres espirituais e as vezes até chegando ao ocultismo. De fato, essa questão é até mesmo mencionada no magnífico filme: o ilusionista.

É importante notar que, embora existam polêmicas e controvérsias associadas a Nikola Tesla, seu legado como um dos grandes inventores e engenheiros da história da ciência e da tecnologia permanece inegável.

Referências

  1. MUSEU Nikola Tesla. Disponível em: https://www.tesla-museum.org/. Acesso em: 6 jul. 2023.
  2. SOCIEDADE Tesla. Disponível em: http://www.teslasociety.com/. Acesso em: 6 jul. 2023.
  3. IEEE (Instituto dos Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos). Disponível em: https://www.ieee.org/. Acesso em: 6 jul. 2023.
  4. TESLA, N. My Inventions: The Autobiography of Nikola Tesla. Merchant Books, 2011.
  5. ANDERSON, L. I. Priority and the invention of radio: Tesla vs. Marconi. Antenna Measurement Techniques Association (AMTA) Newsletter, v. 7, n. 1, p. 6-9, 1985.
  6. SCHILLING, M. A. Nikola Tesla: Renaissance man. IEEE Spectrum, v. 44, n. 6, p. 38-43, 2007.
  7. PATRICK, S. Nikola Tesla: Imagination and the Man That Invented the 20th Century. CreateSpace Independent Publishing Platform, 2013.

Outros Artigos

biologia-o-que-mais-cai-no-enem.
Atualidades

Biologia o que mais cai no ENEM?

Biologia no Enem é um tema bastante amplo e possui um peso significativo na prova e merece total atenção. Descubra como gabaritar aqui!

Derivadas é a análise de taxas de variação. Quando calculamos a derivada de uma função em um ponto específico
Engenharias

Derivadas: Pontos críticos

Derivadas é a análise de taxas de variação. Quando calculamos a derivada de uma função em um ponto específico.

Legal

® 2021-2024 Meu Guru | 42.269.770/0001-84 • Todos os direitos reservados

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!