Níveis de Biossegurança: Saiba quais são

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

A biossegurança é um conjunto de regras, normas e leis que possuem a finalidade garantir a saúde do profissional frente às ameaças biológicas. Desse modo, garantir o bem estar do trabalhador depende se as regras estão sendo bem executadas. Sendo assim, a participação de todos é importante para garantir o bem estar não somente do profissional, mas da população em geral. Portanto, veremos a seguir quais são os níveis de biossegurança existentes.

Conceito de níveis de biossegurança

Os níveis de biossegurança são um conjunto de contenções que têm a finalidade de reter micro-organismos patogênicos no laboratório. Sendo assim, será sempre necessário identificar e isolar cada nível de acesso do laboratório. Desse modo, a precaução, sempre será a melhor aliada afim de evitar uma contaminação maciça. Portanto, para determinar qual o nível de biossegurança de um determinado local, a ANVISA, será a responsável por tal ato.

Os níveis de biossegurança

Acerca de cada nível de biossegurança, o órgão de vigilância sanitária, fará a vistoria e emitirá o respectivo laudo, determinando tal nível. Portanto, vou mostrar a você, meu caro leitor, os níveis de biossegurança existentes.

Nível de Biossegurança-1 (NB-1)

O primeiro nível de segurança é o mais simples de todos. Desse modo, não requer tantos cuidados especiais quanto aos próximos que o sucedem. Adaptado para a atividade laboral que relacione agente com o menor grau de risco para os funcionários e o meio ambiente. O laboratório, neste exemplo, não estará separado das demais dependências do recinto. Desse modo, o trabalho será orientado, de forma geral em bancada. Portanto, o pessoal de laboratório deverá ter treinamento específico nos procedimentos realizados no laboratório. E esses serão orientados por especialista em microbiologia ou alguma ciência afim.

Nível de Biossegurança-2 (NB-2)

Apresenta bastante semelhança com o NB-1. Sendo assim adequa-se ao trabalho que envolve agentes nocivos de risco médio para a população e o ecossistema. Desse modo as diferenças são:

Os laboratoristas terão que ter treinamento adequado e apropriado ao manusear agentes patogênicos.

A permissão para entrada no laboratório deverá ser de forma limitada durante os protocolos experimentais.

Determinar os procedimentos que envolva materiais voláteis e que possam formar gases nocivos a saúde de todos os ocupantes.

Nível de biossegurança-3 (NB-3)

Esse nível de biossegruanças será aplicados em locais que são realizados trabalhos com organismos geneticamente modificados de classe 3. Desse modo poderá resultar, caso não sejam bem manipulados, doenças sérias e potencialmente fatais. Sendo assim, todo protocolo experimental deverá ser realizado em ambiente isolado afim de evitar contaminações. Logo, o trabalhador que for manipular esse tipo de amostra, deverá sempre usar equipamento de proteção individual.

Nível de biossegurança-4 (NB-4)

É o nível de biossegurança mais rigoroso de todos os níveis de biossegurança. Desse modo, para a sua aplicação, será necessário um controle rigoroso de entrada ao recinto de manipulação. Sendo assim, nesse ambiente, são manipulados OGM, pertencentes ao nível 4 de patogênese de etiologia desconhecida.

Portanto, gurunauta, se esta afim de conhecer mais sobre a biossegurança, não deixe de acompanhar nosso blog. Pois nessa seção, você verá assuntos pouco abordados em sala de aula, que vão te auxiliar na sua vida acadêmica. Te espero aqui, mete bronca!!

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!