O que é inversão dos polos magnéticos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

O que é inversão dos polos magnéticos

Entenda de vez o que é inversão dos polos magnéticos e suas consequências. Continue a leitura para saber mais.

O campo magnético terrestre é resultado do atrito do níquel e ferro líquido do núcleo do planeta com o manto terrestre. Isso ocorre porque a parte mais central do núcleo é sólido devido a pressão extrema, enquanto o seu exterior é líquido, o que proporciona uma movimentação em correntes de convecção.

O campo apresenta dois polos opostos, onde o norte magnético fica localizado na região sul geográfica, e o sul magnético na região norte geográfica.

O que é inversão dos polos magnéticos

A inversão dos polos magnéticos, também conhecida como inversão geomagnética, é a mudança na direção do campo magnético da Terra, de forma que os polos magnéticos norte e sul fiquem invertidos.

Embora seja catastrófico, é um evento considerado comum na história do planeta. Ocorreu 171 vezes nos últimos 71 milhões de anos (média de 450 mil anos), no qual a última aconteceu há 781 mil anos. Isso significa que a humanidade não passou por esse processo, pois surgimos há 300 mil anos.

Portanto, estatisticamente a inversão magnética está atrasada, e indícios apontam que estão propensos a se inverter:

  • Anteriormente, os campos magnéticos se moviam a uma velocidade de 11 km por ano. Atualmente, acelerou para 55 km por ano;
  • O campo enfraqueceu 9% nos últimos 200 anos;
  • As placas tectônicas localizadas no Anel de Fogo do Pacífico estão se movendo. O movimento destas placas pode interferir nas correntes de metal líquido do núcleo da terra. Isto causaria a inversão dos polos e ausência do campo, entre centenas a milhares de anos.

Consequências da inversão do campo magnético

A inversão do campo magnético é extremamente prejudicial à vida na Terra. É responsável por severas mudanças ambientais para o planeta, a saber:

  • Destruição da camada de ozônio;
  • Tempestades elétricas;
  • Ventos solares;
  • Ar ártico no norte dos Estados Unidos;
  • Alteração do tamanho das geleiras;
  • Mudanças nos padrões climáticos.

Essas alterações climáticas e a extrema quantidade de luz ultravioleta resultaram na extinção da megafauna e os neandertais.

Gostou do artigo sobre a inversão dos polos magnéticos? Clique aqui e confira outros textos tão interessantes como este.

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!