OAB Segunda Fase: como escolher a área

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é uma instituição que regula a atividade do advogado no Brasil. A OAB possui um processo de formação em duas fases, necessárias para que um indivíduo se tornar um advogado e exercer a profissão no país. Na primeira, tem-se uma prova objetiva de múltipla escolha com 80 questões. Caso você acerte pelo menos 40 questões, pode ir para a segunda fase. Contudo, como escolher a área da segunda fase da OAB? Iremos orientar você nesse artigo do blog MeuGuru. 

O que cai na segunda fase da OAB?

A segunda fase do Exame de Ordem é a prova prático-profissional, sendo uma prova escrita que avalia a capacidade do candidato de resolver problemas práticos de advocacia. A prova prático-profissional é aplicada apenas nas capitais e regiões metropolitanas com duração de cinco horas.

Além disso, na segunda fase, o futuro advogado deverá responder a quatro questões discursivas e elaborar uma peça processual comum à área em que se inscreveu para realizar a segunda fase. Nesse sentido, você pode escolher uma das seguintes áreas do Direito:

  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Civil
  • Direito Penal
  • Direito Empresarial
  • Direito do Trabalho 
  • Direito Tributário

Por fim, para mais informações sobre o exame, confira nosso artigo sobre como estudar para OAB primeira fase sozinho

OAB Segunda Fase: como escolher a área

A escolha da área de atuação para a prova prático-profissional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é uma decisão importante para o candidato, pois é a área em que ele vai desenvolver a prova e precisa demonstrar sua capacidade de resolver problemas práticos de advocacia.

Nesse sentido, para escolher a área de atuação para a Prova Prático-Profissional da OAB, o candidato pode seguir algumas dicas:

  • Refletir sobre os seus interesses e habilidades: é importante considerar os interesses e habilidades do candidato, pois isso pode influenciar na sua escolha da área de atuação. Por exemplo, se o candidato tem interesse em questões trabalhistas, pode ser interessante escolher uma área de atuação relacionada ao Direito do Trabalho. 
  • Conhecer as áreas de atuação do Direito: é importante ter conhecimento das principais áreas de atuação do Direito, para que o candidato possa avaliar qual delas mais se adequa aos seus interesses e habilidades.
  • Pesquisar sobre as possibilidades de atuação em cada área: após conhecer as principais áreas de atuação do Direito, o candidato pode pesquisar sobre as possibilidades de atuação em cada uma delas, uma vez que isso pode ajudá-lo a ter uma noção mais precisa da prática trabalhista. 
  • Obter orientação de advogados experientes: além disso, outra opção é buscar orientação de advogados experientes, que podem compartilhar suas experiências e dar dicas sobre como escolher a área de atuação para a prova. Nesse sentido, isso pode ajudar o candidato a ter uma visão mais ampla das possibilidades de atuação no mercado de trabalho e decidir mais informado.

Segunda fase OAB: áreas que mais aprovam 

Primeiramente, sabemos que obter uma aprovação na OAB não é uma tarefa fácil. Por isso, para além das dicas acima, também podemos contar com a ajuda da estatística. Conforme levantamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a OAB, o “Exame de Ordem em Números”, temos as seguintes informações:

Ranking de áreas que mais aprovam na OAB, da maior para a menor 

  1. Direito Constitucional 
  2. Direito Civil 
  3. Direito Tributário 
  4. Direito Administrativo 
  5. Direito do Trabalho 
  6. Direito Penal 
  7. Direito Empresarial 

O Exame de Ordem é realizado duas vezes por ano, geralmente no primeiro e no segundo semestre. As inscrições para o Exame de Ordem são realizadas pela OAB e as provas são aplicadas em locais designados pelo Conselho Federal da OAB.

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!