Classes dos Anti-hipertensivos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Classes dos Anti-hipertensivos
Entenda as classes dos Anti-hipertensivos, medicamentos usados no tratamento da Hipertensão, doença comumente encontrada na população.

Tratando a Hipertensão

Primeiramente, é importante saber que a hipertensão é uma doença muito comum, principalmente devido seu silêncio. Isso porque, normalmente, não manifesta nenhum sintoma, sendo encontrada apenas durante as consultas de rotina. A manifestação clínica da hipertensão apresenta quando existe alguma lesão de órgão alvo.

Desse modo, o objetivo do tratamento da HAS é visado em evitar sua progressão e prevenir a ocorrência de complicações. Se não for controlada, poderá causar problemas, como infarto agudo do miocárdio (IAM) e acidente vascular cerebral (AVC).

O que são os anti-hipertensivos?

Bem, primeiramente, antes de entender os anti-hipertensivos, devemos saber que a pressão arterial (PA) pode elevar-se silenciosamente e só produzir sintomas quando em níveis muito elevados. No entanto, se permanecer alta, poderá causar sérios danos ao organismo.

Desse modo, ao ocorrer o aumento da pressão arterial, também aumenta a resistência vascular periférica devido ao débito cardíaco aumentado. Logo, os medicamentos anti-hipertensivos atuam em um desses dois fatores, isso quando não nos dois!

Assim sendo, o mecanismo de ação dos anti-hipertensivos varia conforme suas classes. Existem então, cinco classes de anti-hipertensivos:

  • os diuréticos;
  • β-bloqueadores adrenérgicos;
  • bloqueadores do canal de cálcio;
  • vasodilatadores e
  • inibidores da enzima conversora da angiotensina.

Classes dos Anti-hipertensivos

Concomitantemente, de modo geral, existem sete classes de anti-hipertensivos que são usados na prática clínica

  • diuréticos (DIU)
  • antagonistas adrenérgicos
  • vasodilatadores diretos
  • bloqueadores de canal de cálcio (BCC)
  • inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA)
  • bloqueadores do receptor de angiotensina (BRA)
  • inibidores diretos da renina.

Ainda mais, existem três classes do grupo dos antagonistas adrenérgicos:

  • agonistas α-2 centrais
  • bloqueadores β-adrenérgicos (BB)
  • bloqueadores α-1 adrenérgicos

Classes dos Anti-hipertensivos: Mecanismos de ação

Em suma, os anti-hipertensores atuam apenas nos níveis elevados da PA. Então, seu mecanismo e potência de ação dependem da classe que pertencem:

Diuréticos: elevam o volume do fluxo da urina, sendo os mais usados no tratamento da hipertensão, sozinhos ou em associação com outros medicamentos Um dos principais efeitos é o maior débito de sódio, causando maior débito de água e, aumentando o volume de líquidos extracelulares no organismo. Existem dois tipos de medicamentos diuréticos: alça e tiazídicos.

β-bloqueadores adrenérgicos: antagonizam os receptores da noradrenalina, interferindo na transmissão simpática. Então, seus efeitos são: diminuição do débito cardíaco, efeitos inibidores centrais, readaptação dos barorreceptores, diminuição da liberação de renina e inibição simpática periférica. Além disso, possuem efeitos antiarrítmicos e antianginosos.

Bloqueadores do canal de cálcio: atuam na redução da excitabilidade e a frequência cardíacas, promovendo o relaxamento da musculatura lisa arterial e reduzindo a resistência vascular periférica. Sua atuação se dá pela entrada de cálcio nas células, resultando na dilatação generalizada das artérias e arteríolas para diminuir suas resistência, como a pressão arterial.

Vasodilatadores: promovem a vasodilatação, diminuindo a resistência periférica. Sua atuação é voltada para a musculatura da parede vascular, causando o relaxamento muscular, mas promovendo a retenção hídrica e taquicardia reflexa.

Inibidores da enzima conversora da angiotensina (IECAs): bloqueia a conversão da angiotensina I em angiotensina II, sendo usado por via oral ou sublingual para o tratamento de crises hipertensivas, mas contraindicados para gravidez e em estenose bilateral de artérias renais.

Outros Artigos

Saiba-mais-sobre-Bioquímica
Bioquímica

Saiba mais sobre Bioquímica

Saiba mais sobre a bioquímica e descubra como o estudo dos processos químicos abrangem um enorme campo de investigação.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!