Como a IoT pode proteger seus bens?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Introdução

Com o aumento da conectividade e a evolução da Internet das Coisas (IoT), o monitoramento de ativos se tornou uma estratégia fundamental para empresas de diferentes setores. 

O monitoramento de ativos pode ajudar a melhorar a eficiência operacional, reduzir custos de manutenção e evitar perda de ativos. Além disso, a IoT pode fornecer dados em tempo real que ajudam as empresas a tomar decisões mais informadas e proativas. 

No entanto, como mais dispositivos são conectados à Internet, a segurança e privacidade se tornam preocupações importantes. É importante que as empresas entendam os desafios de segurança e privacidade da IoT e adotem as melhores práticas para proteger seus ativos e dados. 

Neste artigo, vamos explorar como a IoT pode ajudar as empresas a proteger seus bens e explorar as tendências futuras da IoT para o monitoramento de ativos.

Como a IoT pode proteger seus bens: Benefícios do monitoramento de ativos com IoT

IoT pode proteger seus bens
Fonte : ITA 24h.

O monitoramento de ativos é uma estratégia importante para empresas de diversos setores, pois permite o acompanhamento em tempo real dos equipamentos, maquinários e veículos, fornecendo informações precisas sobre seu desempenho e condições de operação. Com a evolução da IoT, essa estratégia tornou-se ainda mais eficiente e precisa, já que permite o monitoramento de ativos por meio de sensores conectados à internet, que coletam dados em tempo real e os enviam para sistemas de análise.

Entre os principais benefícios do monitoramento de ativos com IoT, está a capacidade de coletar e analisar dados de forma mais precisa e eficiente, permitindo que as empresas tomem decisões mais informadas e proativas. Com os dados coletados, é possível identificar padrões de comportamento e anomalias, o que permite que as empresas antecipem possíveis problemas e tomem medidas preventivas para evitar interrupções na produção e perda de ativos.

Além disso, a IoT também permite a detecção de falhas e defeitos em equipamentos e maquinários em tempo real, o que ajuda a reduzir os custos de manutenção e reparo. Com o monitoramento contínuo, é possível identificar problemas em estágios iniciais e agir antes que a falha se torne crítica, o que pode reduzir os custos de manutenção em até 25%.

Outro benefício importante do monitoramento de ativos com IoT é a capacidade de gerar relatórios precisos e automatizados, que permitem a análise do desempenho dos equipamentos e a identificação de oportunidades de melhoria. Com esses relatórios, as empresas podem tomar decisões mais informadas sobre a substituição ou atualização de equipamentos, por exemplo, e planejar melhor as atividades de manutenção.

Como a IoT pode proteger seus bens? Desafios de segurança e privacidade da IoT

IoT pode proteger seus bens
Fonte: OneIt.

Embora o monitoramento de ativos com IoT ofereça uma série de benefícios para as empresas, também existem desafios significativos de segurança e privacidade que precisam ser considerados.

Um dos principais desafios é a proteção contra ataques cibernéticos, como hackers que podem tentar invadir sistemas e roubar informações confidenciais. Para proteger os dados, é necessário adotar medidas de segurança robustas, como criptografia de dados, autenticação de usuários e monitoramento constante de ameaças.

Outro desafio é a privacidade dos dados dos usuários. Com o monitoramento de ativos com IoT, muitas informações são coletadas sobre os equipamentos, maquinários e veículos, bem como sobre as pessoas que os utilizam. É importante que as empresas tenham políticas claras sobre a coleta, armazenamento e uso desses dados, garantindo o seu tratamento de acordo com as leis e regulamentações de privacidade de dados.

Além disso, a IoT também apresenta desafios em relação à integração de sistemas. Pois, muitas empresas possuem sistemas legados que podem não ser compatíveis com as suas tecnologias.

Portanto, Para superar esse desafio, é necessário investir em tecnologias que permitam a integração de diferentes sistemas, como APIs e protocolos de comunicação padronizados.

Por fim, a IoT também pode apresentar desafios em relação à interoperabilidade, já que muitos fornecedores de tecnologia IoT utilizam padrões diferentes. Para garantir a interoperabilidade, é necessário investir em padrões abertos e colaborativos que permitam a integração de diferentes dispositivos e sistemas.

Como a IoT pode proteger seus bens: Tendências futuras da IoT para monitoramento de ativos

A IoT continua a evoluir e oferecer novas oportunidades para aprimorar o monitoramento de ativos. Algumas das tendências mais significativas são:

Inteligência Artificial (IA): A IA transforma o monitoramento de ativos com IoT, permitindo a detecção de padrões e anomalias em grandes conjuntos de dados.

Com IA, as empresas podem realizar análises mais sofisticadas dos dados gerados pela IoT, identificando problemas e falhas com maior precisão e rapidez.

  • Edge Computing: Com a crescente quantidade de dados gerados pela IoT, a capacidade de processar esses dados na nuvem torna-se um gargalo para a eficiência do monitoramento de ativos. A edge computing, que envolve o processamento de dados na borda da rede, pode ajudar a aliviar esse problema. Com a edge computing, as empresas podem processar dados em tempo real, reduzindo a latência e melhorando a eficiência do monitoramento.
  • 5G: A implantação da rede 5G pode melhorar significativamente o monitoramento de ativos com IoT. Com a maior largura de banda e a menor latência do 5G, as empresas podem monitorar ativos em tempo real com maior precisão e rapidez. Isso pode permitir uma tomada de decisão mais rápida e informada e uma resposta mais rápida a problemas ou falhas.
  • Sensores mais avançados: A evolução dos sensores IoT permitirá o monitoramento de ativos com maior precisão e eficiência. Por exemplo, os sensores de vibração: detectam falhas em equipamentos antes que ocorram, permitindo a realização de manutenção preditiva com maior precisão e eficiência.
  • Blockchain: A tecnologia blockchain fornece um registro seguro e imutável de eventos relacionados ao monitoramento de ativos. Com blockchain, as empresas podem registrar todas as transações. E junto a isso, os eventos de monitoramento de ativos em um registro distribuído e imutável, proporcionando maior transparência e segurança.

Sendo assim, investir nas novas tecnologias é muito importante para as empresas. Pois, garante muitos benefícios, como redução de custos, aumento da produtividade e eficiência operacional. 

Conclusão

Em conclusão, a IoT tem o potencial de transformar o monitoramento de ativos e oferecer muitos benefícios para as empresas. A capacidade de monitorar ativos em tempo real e detectar problemas antes que ocorram pode aumentar a eficiência operacional, reduzir custos e melhorar a produtividade. 

As tendências futuras, como a IA, a edge computing, o 5G, os sensores mais avançados e o blockchain, oferecem mais oportunidades para aprimorar o monitoramento de ativos. As empresas que investem em tecnologias emergentes da IoT e as incorporam em suas operações podem ter uma vantagem competitiva significativa. 

Com a IoT, as empresas tem mais visibilidade e controle sobre seus ativos. Pois, os tornaram mais ágeis e capazes de tomar decisões informadas em tempo real.

Referências

https://ita24horas.com.br/blog/2017/07/por-que-ter-um-sistema-de-monitoramento-24-horas/

https://www.oneit.com.br/2021/12/tudo-que-voce-precisa-saber-sobre-privacidade-e-protecao-de-dados/

Outros Artigos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!