Como o Telescópio James Webb vai mudar a astrofísica

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

O telescópio James Webb é uma das maiores inovações no setor aeroespacial dos últimos tempos. Em verdade, esse telecópio constitui o sucessor do famoso telescópio Hubble. Com efeito, seu principal objetivo será auxiliar a astrofísica e cosmologia observacional fornecendo imagens e dados sobre as primeiras galáxias que se formaram no universo.

Ademais, o desenvolvimento desse telecópico pela NASA representa um marco no desenvolvimento aeroespacial moderno. De fato, com isso estamos cada vez mais próximos de conquistar ainda mais os segredos dos cosmos. Por isso, hoje a MeuGuru vai mergulhar fundo nos segredos dos cosmos, então se segura e vem para essa aventura astrofísica.

Relatividade

O que é o James Webb?

Bom, o James Webb, ou com seu nome completo: O Telescópio Espacial James Webb cujo sigla do inglês é JWST, é um telescópio que foi desenvolvida pela NASA (Agência Especial dos Estados unidos) juntamenta com a ESA (Agência Espacial da União Europeia). Sua principal função, consiste na captura de radiação infravermelha. Ademais, a ideia da concepção desse telescópio era de substituir, parcialmente o telescópio Hubble por uma versão mais sofisticada e robusta. Uma Figura do James Webb é mostrada a seguir.

Telescópio James Webb
Figura 1. Telescópio James Webb. Fonte: NASA/abaca/picture alliance.

Ademais, esse telescópio é feito com uso de um espelho que é particionado em segmentos hexagonais. Dessa forma, o espelho princial , que possui um diâmetro de 6.5 metros é subdividido em porções hexagonais de berílio revestidas com uma fina camada de ouro.

Com isso, o telescópio pode funcionar de modo a captar a radiação infravermelha e, a partir dela, obter dados sobre galáxias e afins. Decerto, cada um desses hexágonos irá funcionar como um espelho individual e esses irão projetar a informação (radiação) num sensor. Por conseguinte, isso permitirá obtermos uma superposição de 18 imagens que irão nos fornecer várias informações sobre a região captada.

Como o JWST vai mudar a astrofísica ?

O James Webb vai revolucionar a astrofísica observacional por ser consideravelmente superior ao telescópio Hubble. Ademais, a precisão dos espelhos e da captura de dados são fatores que o tornam muito mais robusto. Assim, os dados gerados por ele terão maior qualidade e mais precisão, consequentemente, permitindo vários aprimoramentos em estudos cosmológicos além de grandiosos avanços observacionais na astrofísica.

Em especial, o JWST possui quatro principais objetivos. Esses são os seguintes:

  • Pesquisar a luz das primeiras estrelas e galáxias que se formaram no Universo após o Big Bang
  • Estudar a formação e evolução das galáxias
  • Entender a formação de estrelas e sistemas planetários
  • Estudar os sistemas planetários e as origens da vida.

Então gurunauta, fica vendo como esse telescópio é poderoso. A missão dele é simplesmente entender a origem de todo universo!.

Estado atual do James Webb e seu futuro

O James Webb, atualmente, encontra-se já no espaço. Uma vez que, foi lançado em órbita em 25 de dezembro de 2021. Atualmente, em 2023, o James Webb já mostra seus avanços e seu poder frente a observação do cosmos. Em verdade, mesmo em pouco tempo ele já mostrou avanços significativos na produção de imagens e fotografias, as quais possuem uma resolução incrivelmente melhor como a Figura 2 a seguir.

Figura 2. Fotografia de uma Galáxia realizada pelo James Webb. Fonte: NASA.

Além disso, o telescópio ainda conseguiu realizar outro grande feito. De fato, esse ano em 11 de Janeiro de 2023 o James Webb descobriu a existência do primeiro exoplaneta ( é um planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol).

Em virtude disso, as expectativas para o telescópio e seus avanços são todas muito otimistas. Espera-se que ele consiga, de fato, cumprir seus objetivos e missões, assim, nos ajudando a entender melhor as grandes estruturas do universo.

Outros Artigos

Saiba-mais-sobre-Bioquímica
Bioquímica

Saiba mais sobre Bioquímica

Saiba mais sobre a bioquímica e descubra como o estudo dos processos químicos abrangem um enorme campo de investigação.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!