Hematologia: Obtendo o sangue

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

Hematologia é ciência que estuda os componentes sanguíneos e seus parâmetros. O estudo da hematologia, remete ao funcionamento de cada constituinte do sangue e sua aplicabilidade no organismo humano. Desse modo, o estudo hematológico, nos permite compreender a formação das células sanguíneas e como elas realizam suas funções.

Conhecendo a hematologia

A ciência da hematologia é proveniente da fisiologia pois nos conceitos básicos, o sangue faz parte do sistema cardiovascular. Contudo, é um sistema de alta complexidade pois existe diversos elementos que fazem parte da constituição sanguínea. Os principais elementos que posso mencionar são: fluido, células sanguíneas, medula óssea, vasos sanguíneos e os fatores de coagulação.

Para entendermos o estudo hematológico, é necessário a obtenção da matéria prima pois sem a sua presença não podemos conhecer nada desta temática. O sangue é o material que estudaremos daqui para frente. Conhecendo o sangue, entenderemos assuntos, onde este composto faz parte pois sem ele não há nutrientes e nem oxigenação para os tecidos.

Profissional da hematologia

Acerca do conhecimento do sangue, é de suma importância à sua obtenção em que a mesma deve ser realizada através da coleta sanguínea. O profissional que realiza a coleta do sangue é o técnico em análises clínicas, biomédico e o farmacêutico bioquímico. Qualquer outra profissão da área da saúde que realize este ato de coleta, estará cometendo exercício ilegal da profissão.

Amostra biológica usada na hematologia

O roteiro de coleta deve ser seguido à risca, desse modo vamos obter o melhor material. Assim, posso citar os passos realizados para a excelente amostra.

Primeira etapa

A primeira coisa a se fazer, é saber a diferença entre artéria e veia, aprendemos isso na anatomia humana. Pode parecer uma coisa óbvia, mas muitos profissionais quando estão aprendendo a técnica se assustam por não estarem sentindo a pulsação da veia. Certamente, que nunca vamos sentir a pulsação na veia, pois não existe pressão sanguínea neste vaso. Logo, a pressão somente esta presente nas artérias, por isso a denominação de pressão arterial, aprendemos isso na fisiologia.

Segunda etapa

A segundo passo é realizar o garroteamento da vascularização do membro superior. A ferramenta utilizada pode ser: simples borracha ou fita com finalidade de realizar o processo de estase sanguínea, conhecido popularmente como garrote ou torniquete. Estase, é o processo no qual ocorre a parada do sangue em um determinado lugar. Cinco minutos, é o tempo máximo que recomenda-se, passar garroteado pois o prolongamento dessa técnica causará gangrenas nas extremidades. Agora pedir ao paciente que feche a mão afim de que o sangue pare de circular na dobra do cotovelo.

Terceira etapa

Dando continuidade ao processo de obtenção da amostra, o flebotomista deve apalpar a veia e senti-la afim de obter a sua localização. Com segurança na sua localidade, realiza-se a assepsia do local de forma circular com algodão e álcool 70%.

Armazenamento

A seringa com agulha é usada com propósito de realizar a aspiração sanguínea. A agulha deve ser introduzida em uma inclinação de trinta a quarenta e cinco graus em relação a veia. Após aspirar o volume desejado, desgarrotear e retirar a agulha com o algodão em cima da veia em razão de evitar o extravasamento sanguíneo. O sangue é armazenado em local próprio para coleta pois pode coagular na seringa.

Pronto, temos nossa matéria prima, que utilizaremos para o nosso estudo aqui no blog do meu guru.

Outros Artigos

Saiba-mais-sobre-Bioquímica
Bioquímica

Saiba mais sobre Bioquímica

Saiba mais sobre a bioquímica e descubra como o estudo dos processos químicos abrangem um enorme campo de investigação.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos!

contato@meuguru.com

CNPJ 42.269.770/0001-84

Nos siga nas redes!